Métodos anticoncepcionais para evitar gravidez

0

 

Antigamente para evitar a gravidez, as mulheres tinham que usar métodos manuais, como anotações e a tabelinha, que ainda é usada nos dias de hoje. Ao longo dos anos novos métodos foram surgindo e hoje nós temos os anticoncepcionais para ajudar não só a evitar uma gestação, mas a diminuir os efeitos do período menstrual e nos manter mais seguras nas relações sexuais.

Além de comprimidos, há outros métodos anticoncepcionais que podem ser usadas para evitar uma gravidez indesejada. Conheça alguns deles a seguir.

Método Injetável

O método injetável consiste na injeção de hormônios que ajudam a evitar a ovulação em determinado período. Essa injeção pode acontecer mensalmente ou trimestralmente. Esse método possui uma eficácia de 98,5% e deve ser usado apenas com acompanhamento médico.

O método injetável não pode ser usado por mulheres com mais de 35 anos e fumantes, devido a complicações que podem surgir. A mulher que deseja engravidar deverá interromper as injeções e em até seis meses poderá acontecer a ovulação.

Pílula do dia seguinte

A pílula possui hormônios que impedem os espermatozoides de fecundarem. Ela é usada principalmente quando a camisinha é furada ou ocorre vazamento de espermatozoide, entre outras situações. Ela deve ser evitada ao máximo, pois quando usada pode desregular o ciclo menstrual. A pílula deve ser consumida até quatro dias após a relação sexual e possui eficácia de 99,9%.

DIU – Dispositivo Intra-Uterino

O DIU é uma peça de plástico colocado dentro do útero durante o período menstrual, podendo ficar ali durante anos e mantendo a sua eficácia que é de 98%. O DIU é colocado durante o período menstrual, pois é quando o colo está mais aberto. A mulher que possui o dispositivo deve ir ao médico regularmente para evitar complicações. O DIU não protege contra doenças e pode ter efeito abortivo, se houver uma gravidez.

Anticoncepcionais

Os anticoncepcionais são os mais usados nos dias de hoje. Há diversos medicamentos no mercado, uns que pausam 3 dias, outros 4 e até 7 dias. Você não pode comprar um e sair tomando, pois pode haver efeitos colaterais. A melhor maneira de começar a tomar um anticoncepcional é indo ao ginecologista. Ele irá fazer perguntas pessoais e, caso for necessário, examinar o órgão sexual.

A partir dessa consulta o ginecologista poderá definir o melhor anticoncepcional para você, de acordo com o seu ciclo menstrual, suas relações sexuais, etc. O anticoncepcional deve ser tomado até acabar a cartela inteira, depois uma pausa deve ser dada, de acordo com a indicação do médico, e uma nova cartela deve ser iniciada. Esse ciclo se repete até a mulher decidir parar de tomar o remédio.

Também é possível não fazer pausas, tomar o remédio sem parar, mas você deve falar sobre isso com o especialista. Também há outras maneiras de evitar a gravidez, mas são métodos considerados comportamentais, métodos cirúrgicos e métodos de barreira. Você pode adotar o método que achar melhor e mais se encaixar com o seu perfil. Não tome medicamento sem consultar seu médico.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA