Ginástica ajuda no pré e pós-parto

0

 

A gravidez é normalmente um momento de muita alegria e ansiedade. As mães passam a se preocupar por duas pessoas e a partir daí cuidam mais da alimentação e buscam exercícios que sejam compatíveis com a gestação.

Muitas mães têm o desejo de ter parto normal, e aquelas que podem, procuram se informar sobre o assunto, porém o medo é algo que passa pela cabeça de todas as grávidas, principalmente quando o parto é normal.

Ginástica ajuda no pré e pós-parto
Ginástica ajuda no pré e pós-parto. Imagem:divulgação

Não ter força suficiente, não suportar a dor, não ter uma boa recuperação são algumas das questões que passam pela cabeça das mães, mas a ginástica íntima, também conhecida pompoarismo, é um dos grandes aliados das grávidas atualmente.

Como funciona a ginástica íntima?

A ginástica íntima, apesar de pouco difundida no Brasil, vem ganhando cada vez mais espaço e mais adeptas pela gama de benefícios que oferece. Redução das cólicas menstruais, aumento da libido, diminuição dos sintomas da menopausa, orgasmos mais intensos e mais prazer na hora do sexo são apenas alguns deles.

Os exercícios consistem em movimentos de contração e relaxamento do músculo do assoalho pélvico em sequências repetidas. Para conseguir os resultados é simples: dez minutos por dia são suficientes, e em trinta dias você pode sentir a mudança no seu corpo.

Ginástica ajuda no pré e pós-parto 1
Ginástica ajuda no pré e pós-parto. Imagem:divulgação

A fisioterapeuta uroginecológica Cátia Damasceno começou seu curso online de pompoarismo exatamente por causa das grávidas: “Em decorrência da minha profissão eu lidava com grávidas o tempo todo e sempre ensinei os exercícios da ginástica íntima para que elas tivessem um parto mais tranquilo. Até que um dia algumas destas grávidas chegaram falando que estava sentindo outros efeitos com a ginástica, em outras palavras, o sexo tinha melhorado muito.”.

Veja abaixo um exercício simples que a fisioterapeuta ensina para você fazer em casa:

Ginástica íntima no pré e pós-parto

O pompoarismo deve ser praticado durante a gravidez e auxilia no parto de duas formas.

Pré-parto

A mulher que pratica pompoarismo tem vantagens na hora do parto por conta da força que adquire com os exercícios. Com a prática da ginástica íntima, a mulher aprende a controlar as contrações do períneo e isso ajuda tanto para que ela não sofra tanto com as contrações involuntárias do parto, como a força que ela fará será muito mais potente, facilitando a saída do bebê.

Ginástica ajuda no pré e pós-parto 2
Ginástica ajuda no pré e pós-parto. Imagem:divulgação

Pós-parto

Já após o parto, como a mulher tem a musculatura trabalhada, a recuperação é mais rápida, pois os músculos, que estão fortalecidos, se restabelecem e sustentam os órgãos no lugar.

Por quanto tempo devo praticar?

A prática diária é somente de 10 minutos, e algumas mulheres chegam a sentir diferença na primeira semana, porém cada organismo reage de uma forma aos exercícios, mas com trinta dias – e disciplina – todas as mulheres que praticam a ginástica íntima conseguem sentir as diferenças no seu corpo, principalmente na hora da relação sexual.

Ginástica ajuda no pré e pós-parto
Ginástica ajuda no pré e pós-parto. Imagem:divulgação

Há contraindicações?

Com relação à gravidez não há contra indicações, pelo contrário, Cátia Damasceno afirma que toda grávida deve praticar os exercícios para que o parto seja facilitado.

As duas únicas contraindicações com relação à ginástica íntima são para quem está na crise da infecção urinária e para quem tem algum mioma em fase de crescimento.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA