Saiba como conseguir uma bolsa de estudo

0

Já imaginou fazer uma faculdade sem precisar pagar nada? As bolsas de estudo são uma excelente opção para quem quer fazer uma graduação e não tem condições de pagar a mensalidade de uma faculdade privada. Aqui, você vai conhecer os principais tipos de bolsa de estudo e o que precisa fazer para conseguir a sua.

(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)

O que é a bolsa de estudo

A bolsa de estudo é um auxílio financeiro concedido ao aluno. Essa ajuda pode ser de vários tipos e ser financiada por instituições de ensino, empresas privadas ou pelo governo. Há bolsas de estudos parciais, que arcam com uma parte da mensalidade, ou totais, que pagam totalmente os encargos educacionais. Existem ainda programas que pagam um valor extra para o aluno, uma ajuda de custo para despesas como: transporte, moradia, alimentação, livros e outros materiais usados no curso.

Bolsa do Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é um exemplo. Trata-se de um programa do Governo Federal que oferece bolsas parciais (50%) e integrais (100%) para alunos brasileiros sem diploma de nível superior que não possuem condições de pagar a mensalidade da faculdade particular.

O Prouni acontece duas vezes por ano, em cada semestre. Para se inscrever, é necessário ter uma renda familiar bruta de até três salários mínimos por pessoa, fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter feito o ensino médio em escola pública ou em escola privada na condição de bolsista integral, ou ter alguma deficiência, ou ensinar na rede pública concorrendo a uma bolsa em curso de licenciatura.

Para participar, o aluno precisa ter feito o Enem no ano anterior e ter conseguido pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação. As inscrições para o Prouni podem ser realizadas somente pela internet, na página oficial do programa no endereço: siteprouni.mec.gov.br.

(Foto: divulgação)
(Foto: divulgação)

Fies

O governo possibilita vários programas de apoio aos alunos, como o ProUni e o Fies. Vamos falar sobre este último, o Financiamento estudantil, que é destinado a financiar a Graduação no Ensino Superior de estudantes selecionados com base em critérios socioeconômicos. Para participar, é preciso estar regularmente matriculado em instituições privadas cadastradas no programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação (MEC). O estudante pode solicitar o Fies em qualquer momento do ano. A taxa de juros desse financiamento é de 3,4% para todos os cursos de graduação.

Recomendados para você:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA